Encontrada evidência de que raptores caçavam em grupo

Pegadas de animais caminhando em curso paralelo sugerem coordenação e cooperação entre os predadores

Carlos Orsi, do estadao.com.br,

30 de outubro de 2007 | 20h12

No filme Parque dos Dinossauros, os raptores eram predadores sagazes que caçavam em grupos. A despeito de convincente para as audiências, esse retrato cinematográfico apoiava-se em muito pouca evidência científica - até ser corroborado pela descoberta recente, na China, de um conjunto de pegadas de seis desses animais, caminhando paralelamente.   Segundo cientistas envolvidos na descoberta, publicada na revista européia Naturwissenschaften, o fato de nenhuma das pegadas se sobrepor às demais sugere que elas foram feitas por um grupo em movimento conjunto e coordenado.   "É impossível dizer se os criadores desses rastros estavam caçando, mas eles certamente sugerem que isso era possível", afirma o pesquisador Jerry Harris, um dos autores do artigo, citado no website da instituição onde atua, o Dixie College (EUA).   Embora os predaores que aparecem no filme de Stephen Spielberg sejam chamados de "velociraptores", essa espécie em particular era composta por animais pequenos, do tamanho aproximado de um peru moderno, e possivelmente dotados de penas nos antebraços.   Uma outra espécie, o utahraptor, no entanto, é bastante semelhante à criatura apresentada no filme. As pegadas encontradas na China são de uma terceira espécie, Dromaeopodus shandongensis, semelhante ao utharaptor.   Os rastros do grupo fazem parte de um conjunto que representa as primeiras pegadas de boa qualidade deixadas por raptores já encontradas. Foram descobertos em 2005 na província chinesa de Shandong, e datam de cerca de 120 milhões de anos atrás.

Tudo o que sabemos sobre:
dinossaurosraptoresfóssil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.