Prefeitura de Goiânia/Divulgação
Prefeitura de Goiânia/Divulgação

Enfermeira aplica insulina em vez de vacina contra gripe em 50 pacientes

Servidora do Hospital Municipal de Maringá, no Paraná, foi afastada e sindicância interna, aberta

Julio Cesar Lima, O Estado de S. Paulo

29 Abril 2016 | 12h55

CURITIBA - Uma enfermeira do Hospital Municipal de Maringá, no Paraná, foi afastada após ter aplicado nesta quinta-feira, 28, insulina em vez de vacina contra a gripe em cerca de 50 pacientes. O hospital abriu uma sindicância interna para apurar o erro.

De acordo com o hospital, os pacientes ficaram internados até as 21 horas desta quinta-feira, 28. Eles tiveram reações à insulina, mas passam bem.

Os pacientes atingidos, cerca de 50, chegaram a ser internados e ficaram no hospital até as 21 horas de quinta-feira (28), dia do acidente, após terem reações adversas por causa da insulina.

Segundo a prefeitura de Maringá, a falha foi constatada pela própria servidora. Há a suspeita de que o lote tenha vindo com nomes trocados.

Mais conteúdo sobre:
CURITIBA Paraná

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.