WILTON JUNIOR / ESTADÃO
WILTON JUNIOR / ESTADÃO

Entenda o que poderá funcionar durante o ‘feriadão’ de dez dias no Rio e em Niterói

Intenção das prefeituras é frear a propagação da covid-19 nas cidades que juntas somam 42% da população do Estado

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de março de 2021 | 05h00

As cidades do Rio e de Niterói anunciaram que fecharão todos os serviços não essenciais por dez dias, entre 26 de março e 4 de abril. Intenção das prefeituras é frear a propagação da covid-19 nas cidades que juntas somam 42% da população do Estado. A postura de adotar novas restrições difere da posição defendida pelo governador do Rio, Cláudio Castro (PSC), que é alvo de críticas do prefeito Eduardo Paes (DEM).

Entenda a seguir quais as principais mudanças previstas para a cidade do Rio e de Niterói: 

O que não poderá funcionar?

Shoppings, galerias e centros comerciais (mas serviços essenciais dentro deles, como farmácias e supermercados, funcionam normalmente); comércio de rua não essencial; parques de diversão e circos; clubes, academias, salões de beleza; museus, galerias, bibliotecas, cinemas, teatro e casas de espetáculo; boates, danceterias e casas de festa; feiras e exposições; creches e escolas públicas e particulares de todos os níveis, incluindo universidades, além de escolas de esportes, de música ou qualquer estabelecimento desse tipo.

O que poderá funcionar parcialmente?

Restaurantes, lanchonetes, bares e quiosques não podem atender presencialmente, mas o cliente pode retirar no local ou receber o produto em seu endereço. Não é permitido consumir nem permanecer no local.

O que poderá funcionar sem restrições?

Supermercados, açougues, peixarias e quitandas, sem consumo no local;  padarias e lojas de conveniência, sem consumo no local; farmácias e óticas; igrejas, com restrição na lotação; lojas de material de construção; pet shops; consultórios médicos; bancos, lotéricas e correios; comércio atacadista; feiras livres; bancas de jornal, desde que não exponham nem vendam bebidas alcoólicas; postos de combustíveis e oficinas mecânicas; locadoras de veículos; hotéis, com serviço de alimentação restrito aos hóspedes e fechamento de áreas comuns, como piscinas;  transporte de passageiros; serviços funerários; obras da construção civil.

O que continuará proibido até 4 de abril? 

Permanência de pessoas na areia das praias ou no mar, em qualquer horário, exceto para prática de exercícios ou esportes individuais; eventos e festas em áreas públicas ou particulares; entrada de veículos fretados, exceto aqueles que transportam pessoas para o trabalho ou passageiros com hospedagem comprovada; estacionamento na orla; uso das ruas como áreas de lazer

Que outras restrições vigorarão no feriadão?

Pessoas não poderão permanecer nas ruas das 23h às 5h; ficarão suspensas cirurgias e procedimentos eletivos nas unidades de saúde; servidores públicos de serviços não essenciais vão adotar o teletrabalho. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.