ESA divulga novas imagens de cratera alongada de Marte

Segundo a agência, a cratera pode ter sido formada por colisões de objetos espaciais em ângulo raso

estadão.com.br,

04 Março 2011 | 10h31

 

SÃO PAULO - A agência espacial europeia (ESA) divulgou nesta sexta-feira, 4, imagens realizadas pela sonda Mars Express de uma cratera alongada no hemisfério sul de Marte. Segundo a agência, a cratera pode ter sido formada por uma sequência de colisões de objetos espaciais em ângulo raso.

 

Veja também:

link Agência Espacial Europeia mapeia crateras de Marte

link Sonda da Nasa mostra que dunas de Marte se movimentam

 

A cratera está localizada nas proximidades da bacia de Huygens, que tem cerca de 450 km de diâmetro e a maior concentração de crateras de todo o Planeta Vermelho, sendo as crateras alongadas as mais intrigantes, segundo a agência espacial. Isso porque crateras de impacto normalmente são circulares.

 

A cratera vista nas novas imagens, capturadas em agosto de 2010, tem 133 x 53 km e ainda não tem nome. Sua profundidade chega a 2 km.

Mais conteúdo sobre:
MarteESA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.