Keiny Andrade/AE
Keiny Andrade/AE

Especialistas iniciam revisão das ações da OMS contra a gripe suína

Organização é acusada de criar pânico desnecessário ao anunciar o status de pandemia para a doença

Reuters

12 Abril 2010 | 15h07

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira, 12, que acolherá uma 'franca e crítica' revisão de suas ações contra a pandemia da gripe suína para se preparar melhor em caso de futuras emergências de saúde pública.

 

Veja também:

linkMais de 18 milhões de brasileiro já tomaram a vacina

linkMulheres são maioria entre os mortos por gripe

especialESPECIAL: Entenda a gripe suína 

 

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, disse que a revisão que teve início nesta segunda-feira por 29 especialistas independentes será 'transparente e independente'. "Nós queremos saber se fizemos um bom trabalho na atuação contra a epidemia da gripe suína e, claro, o que poderíamos ter feito de diferente para ter um resultado melhor", afirmou Chan.

 

Críticos disseram que a OMS criou um pânico desnecessário diante do novo vírus da gripe, que, segundo eles, se mostrou moderada em seus efeitos. O anúncio da epidemia teria feito com que diversos países estocassem doses de vacinas que acabaram não sendo utilizadas.

 

A primeira pandemia de gripe influenza ocorreu há mais de 40 anos atrás, surgindo de forma bem semelhante a da gripe suína no ano passado, e provocou a morte de 17,7 mil pessoas em mais de 200 países, de acordo com dados da OMS.

Mais conteúdo sobre:
gripe suina gripe A OMS epidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.