Estado de São Paulo iniciará campanha de combate à hanseníase

Objetivo da ação é difundir informações sobre a doença, que contaminou 1.976 pessoas no ano passado

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

19 de novembro de 2009 | 10h31

Na próxima terça-feira, 23, será iniciada a campanha de combate à hanseníase no Estado de São Paulo, com data prevista para encerramento no dia 30. Com o tema "A informação é o início do caminho para a cura", a campanha da Secretaria da Saúde contará com a distribuição de um milhão de panfletos, 50 mil folhetos para profissionais de saúde e 25 mil cartazes em unidades de saúde de todo o Estado.

 

Além de material de divulgação, a campanha lança um site de internet para acesso da população, em parceria com a Fundação Paulista contra a Hanseníase, que vai ao ar para ajudar a difundir o assunto. O site tem diversas informações sobre a doença para a população em geral e uma área restrita a profissionais de saúde com a possibilidade de downloads de material de campanha.

 

Em 2008 foram registrados 1.976 casos novos no Estado. Desses, 75 foram em crianças. Isso indica que há transmissão ativa. Para uma criança adoecer é porque há um adulto doente convivendo com ela. Por isso é importante que a população conheça os sintomas para que busque o tratamento e interrompa a transmissão da hanseníase.

 

A hanseníase é uma doença que se instala principalmente em nervos e pele. Ela é transmitida pela respiração de uma pessoa doente sem tratamento. Acomete homens e mulheres, adultos e crianças de todas as classes sociais.

 

Os principais sintomas são manchas na pele que não doem e não coçam, manchas com quedas de pêlos, manchas esbranquiçadas, caroços avermelhados ou castanhos em qualquer parte do corpo, áreas com ausência de dor, de sensibilidade ao calor, ao frio e ao toque.

 

Ao perceber algum destes sinais, a pessoa deve procurar uma unidade de saúde. O tratamento é gratuito e está disponível em todas as unidades de saúde do SUS. Se não tratada ou tratada tardiamente pode causar incapacidades ou deformidades nas mãos, nos pés e olhos.

Tudo o que sabemos sobre:
Sao Paulocampanhahanseniase

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.