Arquivo/AE
Arquivo/AE

Estado de São Paulo lança megaoperação contra a dengue

Cerca de 10 mil agentes atuarão nos municípios paulistas orientando a população e eliminando criadouros

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

25 Fevereiro 2010 | 12h39

O Governo de São Paulo vai iniciar a partir desta sexta-feira, 25, a Semana Estadual de Combate à Dengue, com a participação de cerca de 10 mil agentes de saúde espalhados pelos municípios paulistas.

 

Veja também:

linkParaná registra a primeira morte por dengue em 2010

linkMosquito transgênico pode conter dengue

linkCasos de dengue em Mato Grosso passam de 15 mil só em 2010 

 

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, ao longo dos próximos dias, haverá uma série de atividades visando enfrentar o mosquito Aedes aegypti. O objetivo é mobilizar e sensibilizar a atenção da população paulista em torno do tema.

 

Na capital paulista, as atividades irão ocorrer nesta sexta-feira em 18 quarteirões do Parque Bristol, na zona sul, onde já foram identificados três casos confirmados de dengue, além de outros suspeitos em investigação.

 

Os agentes da Sucen e da prefeitura de São Paulo estarão no local a partir das 9h para ações de eliminação de criadouros com aplicação de larvicida, busca ativa de casos suspeitos para encaminhamento aos serviços de saúde e orientação da população por meio de material educativo.

 

A Semana Estadual foi antecipada em um mês em razão do calor e das chuvas intensas que vêm ocorrendo no Estado, acima da média para os dois primeiros meses do ano, o que pode criar condições favoráveis à proliferação do mosquito transmissor da dengue, com o acúmulo de água parada em pneus, latas, calhas, vasos de planta e outros recipientes.

 

Serão realizadas ações como arrastões, panfletagens, pedágios, distribuição de adesivos e imãs de geladeira, palestras, apresentações de teatro, exposições e passeatas, além de mutirões de limpeza, visitas casa a casa, remoção de criadouros e visitas de imóveis estratégicos e especiais, como cemitérios e ferros-velhos. Cada município programou suas atividades.

 

A Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão da Secretaria, irá realizar atividades especiais em alguns municípios de abrangência de suas regionais: São Paulo, São Vicente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Araçatuba, Campinas, Presidente Prudente, Sorocaba, Bauru e Taubaté.

Mais conteúdo sobre:
Sao Paulomegaoperaçaodengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.