Estado de SP tem 90% das mortes por H1N1 no Brasil

Até o dia 12 de maio, foram contabilizados 388 casos da doença em todo o País, com 61 mortes

Lígia Formenti, O Esatdo de S. Paulo

21 de maio de 2013 | 12h52

BRASÍLIA - O Estado de São Paulo registrou até agora 55 mortes por gripe H1N1, 90% de todos os óbitos registrados até agora no País. "Estamos muito preocupados", afirmou o diretor do departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis, Claudio Maierovitch.

Até o dia 12 de maio, foram contabilizados 388 casos da doença em todo Brasil, com 61 mortes. De acordo com ministério da Saúde, a epidemia este ano começou mais cedo.

Reuniões de emergência estão sendo realizadas em São Paulo. A ideia é alertar médicos, incluindo os de planos de saúde, e garantir o acesso de pacientes ao Oseltamivir, remédio usado para tratar a doença, nas primeiras 48 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
H1N1gripe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.