Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Estado de SP tem novo 'Dia D' de vacinação contra pólio e sarampo neste sábado

Apenas 16% das crianças foram vacinadas no País; meta da campanha nacional de vacinação é imunizar 11 milhões de crianças entre 1 ano e menores de 5 anos, até 31 de agosto

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

17 Agosto 2018 | 10h39

SÃO PAULO - Postos de Saúde do Estado de SP, fixos e volantes, estarão abertos neste sábado,18, das 8h às 17h, para o segundo 'Dia D' de vacinação contra sarampo e paralisia infantil (poliomielite).

Todas as crianças com idade entre um ano e menores de 5 anos devem receber as doses, independentemente de sua situação vacinal. A campanha segue até 31 de agosto.

Segundo balanço feito pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, com base nos dados informados pelos municípios, mais de 40% das crianças paulistas com idade entre 1 e menores de 5 anos já estão imunizadas contra poliomielite e sarampo.

Foram aplicadas 1.775.984 doses de ambas as vacinas, desde 4 de agosto, quando a campanha começou com 'Dia D' extra de vacinação realizado exclusivamente no Estado de São Paulo. Nesse período, 895.773 crianças foram vacinadas contra pólio e 880.211 contra sarampo. A população-alvo prevista na campanha é de 2,2 milhões de crianças paulistas.

É fundamental que os pais ou responsáveis levem aqueles que ainda não foram vacinados aos postos até 31 de agosto, data prevista para encerramento da campanha. A meta é imunizar pelo menos 95% das crianças com idade entre um ano e cinco anos incompletos. 

Não há registro de casos de paralisia infantil em SP há 30 anos e, desde 2000, não existem casos autóctones de sarampo no Estado.

Apenas 16% das crianças foram vacinadas contra pólio e sarampo no País

Apenas 16,13% do público-alvo da campanha nacional de vacinação contra paralisia infantil (poliomielite) e 16, 07% contra sarampo foram vacinadas, segundo Ministério da Saúde.

Neste sábado, 18, ocorrerá o 'Dia D' de mobilização nacional com mais de 36 mil postos abertos.

A campanha de vacinação contra pólio e sarampo que começou no dia 6 agosto e vai até 31 deste mês, tem o objetivo de imunizar 11 milhões de crianças de um a menores de cinco anos.

Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

De acordo com o Ministério da Saúde, até o momento, no Brasil, foram confirmados 6 óbitos por sarampo, sendo 4 óbitos no estado de Roraima (3 em estrangeiros e 1 em brasileiro) e 2 óbitos no estado do Amazonas (brasileiros).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.