Wilton Junior / Estadão
Wilton Junior / Estadão

Estado do Rio registra 18 mortes por febre amarela em 2018

Ao todo, 42 pessoas foram diagnosticadas com a doença, segundo números da secretaria estadual da Saúde

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

03 Fevereiro 2018 | 19h56

O Estado do Rio de Janeiro contabiliza 18 mortes por febre amarela apenas este ano. Ao todo, 42 pessoas foram diagnosticadas com a doença, de acordo com números divulgados pela secretaria estadual da Saúde neste sábado, 3. O munícipio de Valença, na região sul do Estado, é o que apresenta maior número de casos – foram 14, com cinco mortes.

Ao todo, 14 municípios já registraram casos de febre amarela. Eram 12 até o meio de semana, mas nos últimos dias as cidades de Maricá e Angra dos Reis também confirmaram um caso cada uma. O paciente de Angra dos Reis acabou morrendo.

+++ Sobe para 163 nº de casos de febre amarela em SP, com 61 mortes

Além dessas cidades, já confirmaram a doença (Teresópolis, sete casos, com três mortes), Nova Friburgo (três, com duas mortes), Petrópolis (um caso), Miguel Pereira (uma morte), Duas Barras (dois casos), Rio das Flores (duas mortes), Vassouras (um caso), Sumidouro (quatro casos, uma morte), Cantagalo (dois casos, uma morte), Paraíba do Sul (um morto) Carmo (dois casos, um morto).

Além dos casos em humanos, foram registrados casos de febre amarela em macacos em Niterói, Angra dos Reis (Ilha Grande), Barra Mansa, Valença e Miguel Pereira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.