REUTERS/Yves Herman
REUTERS/Yves Herman

'Estado' lança campanha virtual para valorizar profissionais da saúde

Projeto #AbracoNaSaude permite que leitores enviem mensagens de apoio a quem se dedica a pacientes de coronavírus no País

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2020 | 11h35

Eles estão na linha de frente do combate ao coronavírus, em hospitais, postos de atendimento e consultórios de todo o País. São médicos, enfermeiros, motoristas de ambulância, equipes de apoio e limpeza, empenhados no dia a dia do combate à pandemia. E alguns dos primeiros a ter sua rotina de trabalho e sua vida familiar alteradas pela covid-19. É para destacar o esforço diário desses profissionais que o Estado lançou a campanha #AbracoNaSaude, no Twitter. 

Essa é a primeira de uma série de iniciativas para mostrar quem são as pessoas que estamos vendo cotidianamente cobertos por máscaras e de aventais de proteção. O que mudou no cotidiano delas? Como lidam com o risco de infecção? Como atendem pacientes e consolam suas famílias?

O projeto Abraço na Saúde também é um acréscimo à ampla cobertura sobre coronavírus produzida pelo Estado. Conteúdo desenvolvido por um núcleo especial, incluindo reportagens com as principais orientações de saúde, dadas por órgãos nacionais e internacionais, além de especiais que ajudam a lidar melhor com a vida na quarentena.

O tuíte sobre a campanha #AbracoNaSaude no Twitter do Estadão já reúne mensagens de apoio e de gratidão aos profissionais da saúde. Vários leitores estão marcando amigos e parentes que fazem parte desse grupo. Confira alguns desses posts. E participe da iniciativa. Mais do que aplausos, eles merecem abraços. Virtuais, enquanto a pandemia não tiver sido vencida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.