REUTERS/Jason Cairnduff
REUTERS/Jason Cairnduff

Estudo britânico descarta risco de tomar vacina da covid e da gripe ao mesmo tempo

No estudo, médicos recrutaram 679 pessoas entre abril e junho em toda a Grã-Bretanha. Resultado pode beneficiar trabalhadores da área da saúde, que estão preocupados com a chegada da temporada de gripe no hemisfério norte

Carl Zimmer, The New York Times

05 de outubro de 2021 | 15h00

Um ensaio clínico britânico não encontrou nenhum sinal de perigo em tomar uma dose de vacina para a gripe e uma segunda dose de vacina contra a covid-19 ao mesmo tempo. Os resultados são notícias bem-vindas para trabalhadores da saúde tensos com a chegada da temporada de gripe. O estudo conta com o apoio do conselho das autoridades de saúde dos Estados Unidos.

No estudo, médicos recrutaram 679 pessoas entre abril e junho em toda a Grã-Bretanha. Na época, todos os voluntários tinham recebido a primeira dose da vacina contra a covid-19, seja da AstraZeneca ou da Pfizer-BioNTech, as duas vacinas que foram autorizadas primeiro por lá.

Quando os voluntários retornaram para a segunda dose de suas vacinas da covid-19, os pesquisadores deram à metade deles uma dose da vacina contra a gripe ao mesmo tempo, e à outra metade um placebo. Os pesquisadores então monitoraram os voluntários quanto a efeitos colaterais, como dores e febre.

"Não há preocupações com a segurança levantadas neste ensaio", escreveram os autores em um relatório preliminar, que foi publicado online na quinta-feira, mas ainda não foi publicado em uma revista científica.

Além de analisar a segurança das vacinas, os pesquisadores também coletaram sangue para medir anticorpos para o coronavírus. Algumas combinações de diferentes marcas de vacina levaram a um nível ligeiramente menor de anticorpos e a um nível um pouco maior em outros casos. Mas os pesquisadores não suspeitaram de que qualquer combinação entre as vacinas da gripe e da covid resultaria em menor eficácia do que cada uma delas aplicada individualmente.

Os pesquisadores não especularam sobre qual resposta imune as pessoas experimentariam se elas tomassem uma dose de vacina da gripe ao mesmo tempo que uma terceira da covid, o que muitas pessoas podem estar fazendo agora que o governo Biden autorizou reforços para grandes grupos de americanos em situação de risco. /TRADUÇÃO DE LÍVIA BUELONI GONÇALVES 

Tudo o que sabemos sobre:
gripevacinacoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.