Steve Evans/Creative Commons
Steve Evans/Creative Commons

Estudo diz que habilidade de construir ninhos em aves é aprendida e não inata

Pesquisadores britânicos concluíram ainda que cada pássaro tem técnica diferente

BBC Brasil, BBC

27 de setembro de 2011 | 05h27

Um estudo britânico concluiu que a arte de construir ninhos não é inata e, sim, aprendida pelo pássaro ao longo da vida.

Pesquisadores das universidades de Edimburgo, Glasgow e St. Andrews, na Escócia, analisaram filmes de pássaros da espécie Ploceus velatus (o tecelão mascarado do sul) enquanto construíam ninhos em Botsuana, na África.

A espécie foi escolhida para o estudo porque as aves constroem vários ninhos complexos durante uma mesma temporada.

O especialista Patrick Walsh, da Universidade de Edimburgo, disse que o estudo indica que a experiência cumpre "um papel claro" no processo. "Até para pássaros, a prática leva à perfeição", declarou.

O estudo foi publicado na revista científica Behavioural Processes.

As observações dos especialistas revelaram, por exemplo, que cada pássaro varia sua técnica de um ninho para outro e que há casos de pássaros construindo ninhos da esquerda para a direita e também no sentido inverso.

Experiência

Outra revelação é que, conforme ganham mais experiência, as aves derrubam o material que usam em suas construções, como pedaços de grama, com menos frequência.

"Se pássaros construíssem seus ninho de acordo com um molde genético, você esperaria que todos os pássaros fizessem seus ninhos sempre da mesma forma, mas isso não acontece", disse Walsh.

"Os tecelões mascarados do sul demonstraram fortes variações em sua abordagem, revelando que há um papel claro da experiência (na construção dos ninhos)." BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.