Lars Schmitz/Divulgação
Lars Schmitz/Divulgação

Estudo revela hábitos noturnos de alguns dinossauros

Acreditava-se que os dinossauros eram ativos durante o dia enquanto os mamíferos pré-históricos caçavam durante à noite

estadão.com.br,

14 Abril 2011 | 16h59

Um estudo da região dos olhos de fósseis de dinossauros concluiu que alguns deles, como o velociraptor, caçavam à noite e os grandes herbívoros comiam independente da hora. Os resultados desta pesquisa foram publicados na revista científica Science.

Os pesquisadores do Departamento de Evolução e Ecologia da Universidade da Califórnia chegaram a esta conclusão após analisar o anel esclerótico, na região dos olhos. Eles mediram as dimensões interna e externa deste anel e o tamanho do encaixe dos olhos de 33 fósseis de dinossauros, pássaros pré-históricos e pterossauros. Eles também avaliaram estas medidas em 164 espécies vivas.

Os animais com hábito diurno tem uma pequena abertura no meio do anel. Nos animais de hábitos noturnos esta aberta é bem mais larga. Como tanto aspectos do meio quando características de ancestrais podem influenciar neste traço, os pesquisadores desenvolveram um programa de computador para separar estas influências.

A partir da observação dos seres ainda vivos, eles puderam avaliar que esta característica é importante para determinar o tipo de hábito cultivado, se diurno ou noturno. Era comum pensar que os dinossauros tinham hábitos noturnos enquanto os mamíferos se moviam durante a noite.

As medidas revelaram que os herbívoros gigantes eram ativos tanto de dia quanto de noite, mas não em altas temperaturas. Comportamento semelhante pode ser observado nos dias de hoje entre os elefantes.

Já o velociraptor e outros pequenos carnívoros caçavam à noite. Os pesquisadores não conseguiram estudar os grandes carnívoros, como o tiranossauro rex, porque não dispunham de fósseis com esta área dos olhos bem preservada.

Já as espécies voadoras, que inclui pássaros pré-históricos e o famoso pterossauro, tinham principalmente hábitos diurnos, embora tenha sido encontrado evidências de ação noturna em alguns membros deste grupo.

Separar os aspectos externos daqueles adquiridos de ancestrais possibilitou o entendimento sobre como estes animais viviam e como as mudanças no meio ambiente influenciaram a evolução destes animais através dos anos.

Mais conteúdo sobre:
dinossauropesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.