EUA aprovam primeiro teste caseiro para diagnóstico de HIV

Exame fornece resultado a partir de amostra de saliva, em 20 a 40 minutos

Efe,

03 Julho 2012 | 16h26

 O governo americano anunciou nesta terça-feira, 3, a aprovação do primeiro teste caseiro para detectar o HIV.

O FDA (órgão que regulamenta alimentos e remédios) autorizou a comercialização do OraQick In-Home HIV Test, que proporciona, em 20 a 40 minutos, o resultado do exame de uma amostra de saliva.

O FDA advertiu que um resultado positivo não significa, definitivamente, que a pessoa esteja infectada com o vírus, e que deve ser confirmado por exames feitos por médicos.

A empresa OraSure Technologies, fabricante do teste, diz que é 'o primeiro teste rápido de diagnóstico para uma doença infecciosa aprovado pelo FDA para venda sem receita".

"A aprovação do teste representa um grande avanço na detecção do HIV", diz em declaração o presidente e diretor executivo, Douglas Michels.

"Pela primeira vez as pessoas terão acesso a um teste oral que pode ser feito em casa e que permitirá conhecer sua condição no conforto de seu lar para que obtenham cuidados médicos se necessário."

O teste para o exame é uma versão para venda sem receita do exame OraQuick ADVANCE(R) HIV 1/2 Antibody Test, exame mais vendido no mercado, com milhões de unidades adquiridas por hospitais, clínicas e consultórios.

OraSure disse esperar que o novo produto esteja disponível para venda em outubro em mais de 30 mil farmácias americanas e pela internet.

Mais conteúdo sobre:
teste caseiro diagnóstico HIV

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.