/AE
/AE

EUA aprovam primeiro teste caseiro para diagnóstico de HIV

Os EUA aprovaram nesta terça-feira, 3, o OraQick In-Home HIV Test, primeiro teste caseiro para detectar o vírus do HIV.

estadão.com.br,

03 Julho 2012 | 17h21

 

De acordo com a agência EFE, o FDA (órgão que regulamenta alimentos e remédios)já autorizou a comercialização do exame que é feito de uma amostra de saliva e cujo resultado é conhecido em até 40 minutos.

 

Porém, o órgão advertiu que o resultado positivo não é definitivo, ou seja, não significa que a pessoa esteja infectada com o vírus, e que deve ser confirmado por exames feitos por médicos.

 

Ainda segundo a EFE, a empresa OraSure Technologies, fabricante do teste, diz que é 'o primeiro teste rápido de diagnóstico para uma doença infecciosa aprovado pelo FDA', 

 

Vendido sem receita médica, o teste pode ser feito em casa, o que permitirá que o paciente "conheça sua condição no conforto de seu lar", declara o presidente e diretor executivo, Douglas Michels.

 

O teste para o exame é uma versão para venda sem receita do exame OraQuick ADVANCE(R) HIV 1/2 Antibody Test, exame mais vendido no mercado, com milhões de unidades adquiridas por hospitais, clínicas e consultórios.

 

OraSure disse esperar que o novo produto esteja disponível para venda em outubro em mais de 30 mil farmácias americanas e pela internet.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.