EUA detectam 32 casos de salmonelose por frango mal cozido

Alerta vale para o frango congelado mal cozido de uma marca de alimentos preparados não identificada

EFE,

05 de outubro de 2008 | 21h08

O Governo americano alertou hoje para 32 casos de salmonelose registrados durante o fim de semana em 12 Estados por ingestão de frango congelado mal cozido de uma marca de alimentos preparados. A maioria dos casos, segundo informou o Departamento de Agricultura americano, ocorreu porque o frango não havia sido nem descongelado, pelo que pediu à população para acompanhar atentamente as instruções para cozinhar este tipo de comida. O departamento advertiu de que, nestes pratos, o frango está congelado, mas costuma vir empanado ou pré-cozido, o que faz com que pareça já estar pronto para o consumo. Embora não citem a marca do produto, o departamento se refere aos pratos de "Cordon Bleu", "frango Kiev", ou frango recheado com queijo. Seu aviso também se estende a verduras e outros artigos congelados. A maioria das pessoas afetadas, aparentemente, adoeceu porque não seguiu as instruções que costumam vir no verso do pacote para cozinhar corretamente o frango no forno e o introduziram diretamente no microondas. No pacote, indica-se que este produto não é apto para microondas porque não alcança o calor suficiente para acabar com a salmonela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.