EUA investigam fórmula infantil após infecção em bebês

Alimento é suspeito de ter causado uma morte; duas crianças foram diagnosticadas com a bactéria Cronobacter

Reuters,

28 de dezembro de 2011 | 15h21

 Um terceiro bebê americano teve resultado positivo para uma infecção que já deixou outra criança doente e provocou a morte de uma terceira. Os casos geraram a investigação em fórmulas infantis, entre elas a Enfamil, produzida pela Mead Johnson Nutrition Co.

A porta-voz dos Centros para o Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, Barbara Reynolds, confirmou que um bebê de Oklahoma tem Cronobacter, bactéria que pode causar uma doença rara em recém-nascidos, encontrada no alimento infantil. O bebê não consumiu a fórmula Enfamil. O menino, que tem um mês de vida, foi tratado e já recebeu alta do hospital.

Trata-se do terceiro caso de Cronobacter nas últimas semanas, logo que um bebê do Missouri morreu e outro, que se recupera em Illinois. Em ambos foi confirmada a presença da bactéria.

O recém-nascido de Missouri, com dez dias de vida, havia ingerido a fórmula Enfamil Premium, enquanto o do Illinois tomou várias marcas, incluindo essa.

Estabelecimentos como o Wal-Mart suspenderam a venda do Enfamil, embora a investigação federal ainda não esteja concluída. Até agora, não foi encontrada uma associação entre as doenças e a fórmula infantil.

As autoridades de saúde estão avaliando embalagens abertas da fórmula e da água destilada usada para alimentar o bebê.

Também estão investigando garrafas e latas fechadas do lote retirado da família, do hospital e do supermercado Wal-Mart, onde foi adquirido.

As autoridades não revelaram as demais marcas que estão em investigação. A Mead Johnson ressaltou que fez uma reavaliação nas amostras da fórmula em pó Enfamil Premium e concluiu que o produto é seguro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.