Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Nasce nos EUA 1º bebê com microcefalia associada ao zika

A menina é filha de uma hondurenha de 31 anos que foi infectada no início da gravidez quando viajou para seu país de origem

Agências internacionais

01 Junho 2016 | 12h33

NEW JERSEY - Um bebê com microcefalia provocada pelo vírus zika nasceu nesta terça-feira, 31, em Nova Jersey, nos Estados Unidos. A menina é filha de uma hondurenha de 31 anos que foi infectada no início da gravidez quando viajou para seu país.

A criança nasceu prematura, por meio de em uma cesariana, no centro médico da Universidade Hackensack, em New Jersey. Segundo o chefe de Obstetrícia e Ginecologia de Hackensack, Manny Alvarez, o bebê também sofre de problemas intestinais e visuais.

Nos Estados Unidos já foram registrados mais de 500 casos de pessoas com zika. Elas contraíram a doença em países na América do Sul e Central e no Caribe ou tiveram relação sexual com viajantes infectados. Não há registro de mosquitos Aedes aegypty.

Nesta semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que casais que vivem em locais com o surto do zika adiem ou pelo menos considerem adiar uma gravidez. Para os estrangeiros ou mesmo pessoais locais que apresentaram algum sintoma, a sugestão dada pela entidade é de que esperem pelo menos seis meses para iniciar uma gravidez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.