Exames confirmam febre amarela em morador no sul de Minas

Esse é o terceiro caso da doença no Estado; o paciente, que esteve em Goiás em janeiro, já recebeu alta

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

08 de fevereiro de 2008 | 11h26

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Minas Gerais confirmou na manhã desta sexta-feira, 8, o terceiro caso de febre amarela no Estado, após a realização dos exames pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). O paciente F.C.S, de 27 anos, estava internado no Hospital das Clínicas de Pouso Alegre e recebeu alta na manhã de quinta-feira, 7. Ele não era vacinado e estava hospitalizado desde o dia 3 de fevereiro.   F.C.S esteve no município de Catalão, em Goiás, entre os dias 15 e 17 de janeiro. No dia 21, já de volta a Minas Gerais, sentiu os primeiros sintomas da doença.   A Secretaria fez uma busca ativa de não-vacinados na área de residência do paciente para vacinação daqueles que não tinham recebido a dose necessária, por precaução, já que em Pouso Alegre não há focos do mosquito Aedes aegypti.   O primeiro caso confirmado da doença no Estado ocorreu em Uberlândia, com a morte de L.G.C, de 24 anos, falecido no mês de janeiro. O pecuarista encontrava-se na zona rural de Goiás quando foi picado.   A confirmação do segundo caso, também importado, foi do paciente J.M.S, de 44 anos, residente em Vespasiano, apresentando quadro leve de febre amarela. O paciente esteve na zona rural do município de Marzagão, interior de Goiás, na primeira quinzena de janeiro, onde foi infectado.

Tudo o que sabemos sobre:
febre amarela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.