Wilton Junior/AE
Wilton Junior/AE

Excesso de sol e calor aumentam casos de insolação

Principais sintomas são desidratação e queimaduras na pele, além de dor de cabeça, tontura e febre

Agência Brasil,

03 de janeiro de 2012 | 08h51

 O Ministério da Saúde alerta para casos de insolação provocados pelo excesso de exposição ao sol e ao calor intenso. Os principais sintomas são desidratação e queimaduras na pele, além de dor de cabeça, tontura e febre. Casos mais graves podem provocar inconsciência.

De acordo com o ministério, se proteger utilizando apenas o guarda-sol durante grande parte do tempo não é solução para o problema - mesmo sem estar diretamente exposta, a pessoa pode pegar insolação porque a areia reflete o sol, elevando a temperatura do corpo.

Pessoas com sintomas de insolação devem ser levadas imediatamente para um local bem arejado e com sombra e receber hidratação por via oral para repor os líquidos perdidos. Em casos de queimadura solar, compressas frias de chá de camomila ou de soro fisiológico ajudam a aliviar a reação inflamatória da pele.

Outra orientação é usar loções corporais refrescante e evitar e ingestão de bebidas alcoólicas, já que elas fazem com que o corpo perca ainda mais líquido. É recomendado também usar roupas leves e claras, de algodão, e manter uma alimentação com base em frutas e verduras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.