Exposição mostra anúncios sobre os 'benefícios' do cigarro

Fotografias de 1927 a 1954 retratam táticas da indústria do tabaco para conseguir confiança dos consumidores

Efe

08 de outubro de 2008 | 18h37

As fotografias e os encartes publicitários que de 1927 a 1954 foram utilizados pela indústria do tabaco nos Estados Unidos para destacar os supostos benefícios dos cigarros são o centro da exposição que começa nesta quarta-feira, 8, na Biblioteca Pública de Nova York.   As imagens enaltecem os "benefícios" para a saúde do tabaco, como sua capacidade de "acalmar os nervos, dar energia e ajudar na perda de peso."   As imagens mostram como a indústria reuniu profissionais da medicina (de dentistas a cirurgiões) para recomendar determinada marca de cigarros ou utilizou a imagem de um bebê que pede para que seu pai fume uma certa marca de cigarros.   Para a Biblioteca de Nova York a mostra, aberta até dia 26 de dezembro, é "histórica, multifacetada e provocadora", manifestaram em um comunicado.    O curador da exposição, Robert Jackler, médico e professor da Faculdade de Medicina de Stanford, na Califórnia, explicou que teve a idéia de montar a exposição depois que sua mãe, fumante, foi diagnosticada com câncer de pulmão.   Os anúncios publicitários que estavam presentes nas páginas de algumas dos veículos mais populares da época, como a Life ou o Saturday Evening Post, eram coloridos, divertidos e atrativos.   "Como agora sabemos dos perigos do tabaco, algumas dessas imagens chegam a ser divertidas, mas também contam a maneira como a indústria do tabaco viciou várias gerações de pessoas", disse.   Foto: Efe Cigarros com filtro; 'como o seu dentista, eu recomendaria'

Tudo o que sabemos sobre:
tabacoEUAsaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.