FAB restringe-se a registrar e arquivar casos de óvni

Comando da Força Aérea enviará relatos ao Arquivo Nacional, onde estarão abertos para a sociedade

Carlos Orsi, estadao.com.br

10 de agosto de 2010 | 16h48

A Força Aérea Brasileira (FAB) está definindo regras para lidar com informes de aparições ou avistamentos de objetos voadores não identificados, os óvnis. Portaria nesse sentido foi publicada na edição desta terça-feira, 10, do Diário Oficial.

 

Grã-Bretanha libera arquivos com relatos sobre óvnis

Filmes fazem disparar relatos de óvnis, indicam documentos

 

De acordo com a nova regra, os oficiais devem receber e catalogar os registros referentes a óvnis relatados, em formulário próprio, por usuários dos serviços de controle de tráfego aéreo e encaminhá-los aos livros do Comando da Aeronáutica. O comando deverá elaborar um documento que será enviado ao Arquivo Nacional.

 

Investigações oficiais sobre óvnis no Brasil, conduzidas com a participação de integrantes da FAB, já foram realizadas no passado.

 

Agora, de acordo com o primeiro artigo da portaria, as atividades do Comando da Aeronáutica em relação a óvnis devem se limitar apenas "ao registro de ocorrências e ao seu trâmite para o Arquivo Nacional".

 

"Os registros devem ser enviados ao Centro de Documentação e Histórico da Aeronáutica (Cendoc)", diz nota da FAB, emitida em resposta a questionamento da reportagem. O Cendoc, or sua vez, "encaminhará os originais ao acervo do Arquivo Nacional, oferecendo à sociedade acesso a esta documentação".

 

"O Comando da Aeronáutica não dispõe de uma estrutura especializada para realizar investigações científicas a respeito desses fenômenos aéreos", informa ainda a nota, reforçando que sua atividade, nessa área, restringe-se apenas ao registro histórico e à comunicação ao arquivo.

 

Recentemente, o Reino Unido divulgou diversos arquivos sobre avistamentos e investigações de óvnis no céu britânico.

 

Os dados revelaram algumas correlações interessantes, como um aumento significativo no número de informes na época do lançamento de filmes sobre invasões alienígenas, como Independence Day.

 

 

 

Texto da portaria 551/GC3, sobre o relato de casos de óvni à FAB, publicada no DO. Reprodução

Tudo o que sabemos sobre:
óvnifabdiário oficial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.