Fabricante de leite chinesa é investigada

Morte de bebê foi relacionada a consumo de leite em pó

Efe,

13 de janeiro de 2012 | 12h24

 A polícia chinesa investiga a marca de leite em pó Synutra International após a morte de um bebê supostamente relacionada ao consumo de um dos produtos, informou nesta sexta-feira, 13, a imprensa oficial da China.

O bebê apresentou sintomas como diarreia e calafrios após beber o leite, e morreu horas depois em um hospital pediátrico da província de Jiangxi. Sua irmã gêmea também apresentou sintomas, mas sobreviveu.

As autoridades chinesas retiraram do comércio produtos do mesmo lote e enviaram as amostras para análise.

O bebê foi enterrado no último dia 10 e sua irmã teve alta do hospital no dia 11.

A empresa diz que seus produtos cumprem todos os requisitos de qualidade, expressou pesar à família do bebê e pediu às autoridades chinesas que realizem uma investigação para esclarecer o ocorrido.

A indústria de laticínios na China tem despertado muita desconfiança na população desde 2008, quando seis bebês morreram e 300 mil crianças foram intoxicadas após ingerir leite contaminado com melamina, componente industrial usado para fabricar plástico e resina, que provoca danos renais.

Tudo o que sabemos sobre:
leiteChinabebêsmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.