Fabricantes garantem seguir regras da Anvisa

Os fabricantes dos produtos testados afirmaram que seguem as normas da Anvisa. ?O que eles chamam de teste, para mim é opinião. Os shakes são para quem quer perder peso e reduzir calorias. Foram criados para a vida moderna, em que as pessoas estavam abandonando hábitos saudáveis por opções pouco indicadas, e queriam reparar deficiências nas suas refeições, não na sua nutrição?, afirma o diretor-superintendente da Nutrilatina, que produz o Diet Shake. ?A nossa recomendação é a pessoa substituir o café da manhã e o jantar e fazer um almoço equilibrado, com lanches entre as refeições?, diz. ?A forma como eles fizeram o teste nos pareceu um julgamento. Disseram que o produto não tem fibras, mas ele não tem de ter fibras. Em nenhum momento dizemos que é uma refeição ideal, mas que pode substituir uma refeição em dietas, de preferência com nutricionista?, diz Anne Trentini, gerente da área técnica da Herbarium, responsável pelo Bio Slim. A Herbalife afirmou que segue todas as regras exigidas e que seu produto tem eficácia e segurança comprovadas. ?Os macronutrientes da Herbalife se encontram nas proporções adequadas aos objetivos a que se propõe porque uma dieta de emagrecimento deve ser reduzida em gorduras, aumentada em proteínas e conter carboidrato suficiente para o fornecimento de energia?, afirma a nota. A mesma posição foi fornecida pela In Natura. A Divisão de Alimentos da Unilever, fabricante do Slim Fast, afirmou que seu produto tem respaldo de cientistas e foi elaborado com base em uma série de pesquisas. ?A empresa também realiza constantemente estudos em todo o mundo que apontam a eficácia de Slim Fast como programa de redução de peso.? Os fabricantes da Diet Way não foram encontrados pela reportagem.

Agencia Estado,

23 de janeiro de 2006 | 09h55

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.