Fabricantes terão que atualizar número do Disque Saúde nas embalagens de cigarros

Empresas terão prazo de três meses para adequar as embalagens e os materiais de propaganda

Agência Brasil,

05 de abril de 2012 | 16h42

 As imagens de advertência obrigatórias nos rótulos dos produtos derivados do tabaco vendidos no Brasil deverão conter a logomarca e o novo número do serviço Disque Saúde (136).

A atualização do número do Disque Saúde será obrigatória também nas imagens de advertência presentes nos materiais de propaganda dos produtos derivados do tabaco.

A determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi publicada nesta quinta-feira, 5, no Diário Oficial da União. Os fabricantes, as empresas e as importadoras terão prazo de três meses, a contar de hoje, para adequar as embalagens e os materiais de propaganda às disposições da resolução.

Os produtos derivados do tabaco que tiverem o número antigo do Disque Saúde - 0800 611997 - poderão continuar no mercado no prazo até seis meses, contados de hoje.

A resolução publicada hoje altera as resoluções nº 335, de 21 de novembro de 2003 e nº 86, de 17 de maio de 2006, que dispõem sobre as embalagens de produtos derivados do tabaco.

Tudo o que sabemos sobre:
cigarrofabricantesembalagens

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.