Samrang Pring /Reuters
Samrang Pring /Reuters

Faixa etária para doação de sangue é ampliada

Pessoas com idades entre 16 e 17 anos e entre 66 e 68 anos foram incluídas no grupo que pode doar sangue

Carolina Spillari, Estadão.com.br

14 Junho 2011 | 15h54

São Paulo, 14 - Jovens entre 16 e 17 anos poderão doar sangue com a autorização dos responsáveis, de acordo com portaria publicada nesta terça-feira, 14, no Diário Oficial da União. Pessoas com até 68 anos também poderão doar sangue.

Com a portaria foi lançado o novo regulamento técnico de procedimentos hemoterápicos, com novos critérios para doação de sangue no Brasil. Até então só podiam doar sangue pessoas entre 18 e 65 anos. Com a ampliação da faixa de idade, 14 milhões serão incentivados a doar sangue.

De acordo com a Portaria 1.353, a orientação sexual não deve servir como critério para a seleção dos doadores. Portanto, na triagem não poderá haver preconceito nem discriminação de gênero, raça, ou de que qualquer outro tipo.

Com a Portaria 1.353, novas medidas de humanização dos serviços de hemoterapia também foram estabelecidas, com a capacitação dos profissionais da Hemorrede.

Campanha

No Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado nesta terça-feira, 14, o Ministério da Saúde lança a campanha "Essa corrente precisa de você. Doe Sangue". O objetivo da campanha é chegar a 4 milhões de voluntários, ou 2,1% da população. Hoje esse número chega a 1,9% da população.

Em visita a Fundação Hemocentro de Brasília na manhã desta terça-feira, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou o Teste NAT (Teste de Ácido Nucleico) para todos os hemocentros do país.

O teste reduz a janela imunológica - o tempo entre a infecção e a detecção da produção de anticorpos pelo corpo. Com o NAT, o sangue usado se torna mais confiável. Em casos de pacientes infectados com o HIV, a detecção cai de 21 para 10 dias, e para Hepatite C, de 70 para 21 dias.

Para doar sangue, basta procurar o atendimento da Hemorrede. No Brasil, são 1.756 agências transfusionais, 300 Núcleos de Hemoterapia, 178 unidades de coletas e transfusão, 13 Centrais de Triagem laboratorial de doadores e 66 Hemocentros regionais.

*Alterado às 16h15 para acréscimo de informação

Mais conteúdo sobre:
doação sangue

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.