Falta de sangue em BH obriga Santa Casa a adiar cirurgias

O baixo estoque de sangue no Hemocentro Público de Belo Horizonte, da Fundação Hemominas, já obrigou a Santa Casa de Misericórdia da capital mineira a adiar mais de 50 cirurgias, cerca de 30% delas consideradas de urgência. A coordenadora do Banco de Sangue da Santa Casa, Sônia Bellini, disse ontem que entre 70 e 80 pacientes estão à espera da recuperação dos estoques. Conforme a coordenadora, o número de doadores aumentou nos últimos dias, mas os estoques ainda estão muito baixos.

Agencia Estado,

06 de julho de 2006 | 10h42

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.