Farmacêutica americana prestes fechar acordo

A Bristol-Myers Squibb, farmacêutica americana, está perto de um acordo para encerrar, por mais de US$ 159 milhões, um processo de acionistas que a acusam de ter apostado no remédio para hipertensão Vanlev mesmo sabendo de graves efeitos colaterais. A informação é do The Wall Street Journal Américas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.