Farmacêuticas fazem acordo para tratamento da hepatite C

As farmacêuticas Roche e InterMune fecharam um acordo de colaboração para pesquisar, desenvolver e comercializar novos tratamentos para combater o vírus HCV, da hepatite C. Trata-se de uma nova geração de inibidor que atua em pontos diversos no ciclo de vida do vírus, dificultando a multiplicação do HCV. A hepatite C, uma das formas mais agressivas entre as hepatites, pode ser fatal se não for diagnosticada precocemente. Como age silenciosamente, raramente provoca sintomas. Por isso, cerca de 90% dos infectados não sabem que estão doentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.