Fazer dieta não reduz número de células de gordura, diz estudo

Número de adipócitos são definidos na adolescência e só alteram de tamanho.

Da BBC Brasil, BBC

05 de maio de 2008 | 10h40

Uma pesquisa realizada por especialistas suecos aponta que fazer dieta não diminui o número de células de gordura do corpo humano. Os especialistas, da Universidade Karolinska, dizem que a quantidade de células de gordura - adipócitos - é definida durante a adolescência e permanece invariável pelo resto da vida, mesmo que a pessoa venha a desenvolver obesidade no futuro.Os pesquisadores fizeram uma experiência com centenas de crianças, adolescentes e adultos e descobriram que as células de gordura se multiplicavam durante a infância, mas que uma vez atingida a idade adulta, o número continuava o mesmo.Durante os testes, eles retiraram amostras de gordura de alguns pacientes que se preparavam para se submeter à cirurgia de redução do estômago, um dos últimos recursos utilizados pela medicina moderna na luta contra a obesidade. Depois que os pacientes emagreceram, os cientistas retiraram uma nova amostra de gordura para averigüar se a quantidade de adipócitos havia reduzido. Eles perceberam, então, que as células de gordura não haviam diminuído em quantidade, mas no tamanho.Na avaliação do coordenador da pesquisa, Kirsty Spalding, o estudo representa uma má notícia para quem vive fazendo dietas."Isso explica por que é tão difícil perder peso e manter os quilos a menos, porque as células de gordura não estão indo a lugar nenhum. Elas ficam ali, pedindo mais comida", explicou ele.Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Nature.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
pesquisacélulasgorduradieta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.