Felicidade no casamento 'influi na pressão arterial'

Adultos satisfeitos com o casamento teriam pressão mais baixa que solteiros.

Da BBC Brasil, BBC

22 de março de 2008 | 10h10

Adultos satisfeitos com o casamento têm pressão arterial mais baixa do que solteiros, sugere um estudo realizado por pesquisadores americanos e publicado na edição desta semana da revista científica Annals of Behavioral Medicine. Realizada na Universidade Brigham Young, em Utah, nos Estados Unidos, a pesquisa fez uma avaliação da pressão arterial de 204 adultos casados e 99 solteiros durante um período de 24 horas. Os participantes usaram um monitor que media a pressão arterial cerca de 72 vezes ao longo do dia - mesmo durante o sono. Os resultados indicam que adultos felizes com o casamento têm a pressão arterial até quatro pontos mais baixa do que os solteiros. De acordo com o estudo, mesmo entre os solteiros que possuem uma vida social ativa e se encontram com amigos com freqüência, a pressão arterial continua mais elevada do que entre os participantes casados. "Os resultados ressaltam a complexidade da influência das relações sociais na saúde das pessoas", afirmou Julianne Holt-Lunstad, que liderou o estudo. SatisfaçãoPara estabelecer a satisfação com o casamento, o grupo de pesquisadores realizou um questionário sobre a qualidade do relacionamento com todos os participantes. Além disso, os voluntários fizeram uma lista sobre as amizades e vida social. Os resultados indicaram que adultos insatisfeitos com o casamento apresentaram pressão arterial mais alta do que aqueles satisfeitos com o cônjuge e mesmo entre os solteiros. Segundo Holt-Lunstad, isso é um indício de que somente o casamento não garante benefícios à saúde. "O que realmente protege a saúde é ter um casamento feliz", disse.Na próxima etapa da pesquisa, os participantes insatisfeitos com o casamento irão passar por uma terapia de casais para que os pesquisadores possam avaliar se uma melhora na relação pode se refletir em uma melhora na saúde.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.