Fiocruz seleciona fabricante de fitoterápico antialérgico

A Fundação Oswaldo Cruz, com sede no Rio de Janeiro, publicou hoje, no Diário Oficial, edital de chamamento público tendo por objetivo selecionar proposta para contratação de empresa para desenvolvimento e posterior produção e comercialização de fitoterápico. Segundo o aviso, a empresa contratada deverá obter transferência de tecnologia da Fiocruz e a licença exclusiva de exploração (fabricação, uso e comercialização) de fitoterápico antialérgico. A licença concedida no âmbito da contratação inclui os direitos relativos à criação intelectual desenvolvida de propriedade da Fiocruz e mantida por ela sob sigilo. Da licitação poderão participar pessoas jurídicas sediadas no País com controle efetivo de pessoas físicas domiciliadas no País; que exerçam atividades no campo da pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de medicamentos, em especial fitoterápicos; tenham desenvolvido e comercializado medicamento fitoterápico no território brasileiro e demonstrem regularidade fiscal perante a União, bem como com o Estado e município em que atuem. As propostas deverão ser entregues até dia 5 de junho, diretamente na Fiocruz, Av. Brasil 4365, Castelo Mourisco, térreo, sala 03, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, CEP 21040-900, e o resultado será divulgado dia 19 de junho.

Agencia Estado,

31 de março de 2006 | 16h09

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.