Fiscalização sanitária inspeciona centro cirúrgico do hospital da UFRJ

Fiscais foram verificar as condições higiênicas do centro cirúrgico, após denúncias de funcionários

Agência Brasil,

07 de outubro de 2011 | 09h15

RIO - Uma equipe de fiscalização sanitária da Secretaria de Saúde esteve na quinta-feira, 6, no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão, zona norte da cidade. Os fiscais foram verificar as condições higiênicas do centro cirúrgico, após denúncias de funcionários sobre as péssimas condições de funcionamento do local.

 

Segundo ele, a sala de materiais para anestesia começou apresentar problemas, depois da implosão do prédio anexo da ala sul, em dezembro do ano passado. Uma fenda no chão, na parede e no teto da unidade deixou funcionários preocupados com a esterilização do centro. Apesar disso, as 29 cirurgias marcadas para quinta foram feitas, informou a assessoria da instituição.

 

Na terça-feira, 4, 22 cirurgias foram adiadas. Os engenheiros da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação de Engenharia (Coppe-UFRJ) concluíram, após vistorias na unidade, que o problema não passava de aumento das juntas de dilatação (intervalo entre duas seções de uma construção, para permitir que cada uma delas se dilate e não "estoure") e que o centro não corria risco de desabar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.