Ladyrene Perez/Cubadebate/AP
Ladyrene Perez/Cubadebate/AP

FMI aprova US$ 130 mi em ajuda a três países afetados por Ebola

Fundo diz que auxílio a Guiné, Libéria e Serra Leoa estará disponível imediatamente e será adicional a programas já existentes

Timothy Ahmann, REUTERS

26 Setembro 2014 | 14h57

NOVA YORK - O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou nesta sexta-feira, 26, ajuda financeira no valor de US$ 130 milhões para Guiné, Libéria e Serra Leoa para colaborar com esses países no enfrentamento ao surto do vírus Ebola.

"O surto de Ebola em Guiné, Libéria e Serra Leoa já custou vidas demais", disse a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde. "Essa crise humanitária também pode ter consequências econômicas profundas."

O FMI disse que a ajuda financeira estará disponível imediatamente e que será adicional ao apoio que os países têm recebido sob programas existentes do FMI.

O fundo internacional disse que suas estimativas preliminares indicam que a crise pode custar ao menos três pontos percentuais de crescimento econômico na Libéria e em Serra Leoa neste ano e cerca de 1,5 ponto em Guiné.

Os três países estão entre os mais pobres na África Ocidental e os mais duramente atingidos pela pior epidemia de Ebola desde 1976, que já matou cerca de 3.000 pessoas.

Mais conteúdo sobre:
Ebola FMI Guiné Libéria Serra Leoa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.