Etienne Laurent/EPA/EFE
Etienne Laurent/EPA/EFE

França e Alemanha confirmam cinco casos de zika cada

Vírus não se manifestou com gravidade em nenhuma das vítimas na França, onde ministra recomenda que grávidas adiem viagens

O Estado de S.Paulo

29 Janeiro 2016 | 09h28

PARIS - O Ministério da Saúde da França informou em comunicado emitido nesta quinta-feira, 28, que cinco pessoas contaminadas pelo zika vírus entraram no país desde o começo deste ano, mas ressaltou que nenhuma delas apresenta a forma grave da infecção. Já na Alemanha, o Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira, 29, cinco casos entre outubro do ano passado e janeiro de 2016.

O ministério francês disse que atualmente não há risco de contágio em regiões metropolitanas, já que o período de atividade do mosquito Aedes aegypti vai de maio a novembro no Hemisfério Norte.

Horas antes, a ministra Marisol Touraine recomendou às mulheres grávidas que adiem as viagens que tivessem para departamentos franceses do Caribe pelo risco representado pelo zika. Há risco de contaminação na Guiana Francesa e na Martinica, em estado epidêmico, e em Guadalupe, onde um caso foi confirmado.

Marisol destacou sua preocupação pela epidemia e sua determinação para fazer frente às consequências do vírus, o que a levou a lançar desde dezembro uma campanha de informação e de conscientização. /EFE E REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.