Franceses são os que mais aproveitam férias inteiras, diz pesquisa

A pesquisa foi feita com cerca de 12.500 pessoas em 24 países

REUTERS

06 de agosto de 2010 | 11h48

NOVA YORK, 6 de agosto (Reuters Life!) - Embora férias possam ser uma boa oportunidade para afastar-se do estresse do trabalho, apenas dois terços dos assalariados em todo o mundo aproveitam todos os dias de férias que recebem das organizações para as quais trabalham, revelou uma pesquisa conjunta Reuters/Ipsos.

A pesquisa, feita com cerca de 12.500 pessoas em 24 países, descobriu que os funcionários franceses são os que têm probabilidade maior de aproveitar todos os dias de férias aos quais têm direito: 89 por cento ficaram todos os dias longe do trabalho.

Foram seguidos pelos argentinos, dos quais 80% tiram todos os dias de férias, os húngaros, com 78%, e os britânicos, com 77%.

No Brasil, 59% tiram todo o período de férias.

No lado oposto da escala, os funcionários japoneses são os que menos fazem uso de todo os dias de férias aos quais têm direito: apenas 33% tiram o período inteiro.

Foram seguidos por 47% dos trabalhadores da África do Sul, 53% dos sul-coreanos e 57% dos trabalhadores nos Estados Unidos.

"Há muitas razões pelas quais as pessoas não aproveitam todo seu período de férias, mas o mais comum é que se sintam devendo em relação ao trabalho e priorizem o trabalho em detrimento de coisas mais importantes, como o próprio bem-estar e saúde," disse John Wright, vice-presidente sênior da firma global de pesquisas de mercado e opinião Ipsos.

Wright disse que parece não haver virtualmente diferença alguma entre as faixas de renda quando se trata de fazer uso das férias: em todo o mundo, cerca de dois terços das pessoas de renda alta e baixa tiram todos os dias de férias disponíveis.

Tudo o que sabemos sobre:
COMPORTAMENTOFERIASPESQUISA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.