Funasa inicia vacinação de índios em 24/4

O mês de vacinação dos povos indígenas começa na próxima segunda-feira e segue até o dia 26 de maio, com o objetivo de vacinar 37,6 mil indígenas, de 103 etnias que vivem em 992 aldeias de 12 Estados. A prioridade é vacinar crianças, mulheres em idade fértil, gestantes e adultos maiores de 60 anos. A campanha é promovida pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) com apoio da Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunização (Cgpni), do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A imunização abrangerá 21 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis) localizados nos estados do Amazonas, Acre, Roraima, Tocantins, Pará, Mato Grosso, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Os locais foram selecionados com base em critérios como baixas coberturas vacinais nas aldeias, fragilidade das informações sobre imunizações nestas áreas, mobilidade interfronteiras desses povos e necessidade de estruturar a vacinação de rotina. Os índios serão vacinados contra a poliomelite, tetravalente, hepatite B, tríplice viral, dupla adulto, BCG, pneumococo 23, varicela, febre amarela e influenza. Este ano, a campanha inclui, ainda, duas novas vacinas: rotavírus e pentavalente (que previne contra o tétano, difteria, coqueluche, Haemophilus influenzae tipo B e hepatite B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.