"Gastrite e úlcera são a mesma patologia? Há cura?"

As gastrites podem ser agudas ou crônicas. As agudas possuem um elemento causador da doença, ou fator causal, que pode ser removido e, assim, resultar na cura. Se o paciente faz uso de um antiinflamatório, por exemplo, que agride a mucosa estomacal, a suspensão do uso do remédio ou adequação da dose leva à cura na maioria das vezes. A evolução do quadro de gastrite inicial para a aguda pode ser gerada por infecções ou até estresse. Outros pacientes podem apresentar gastrite erosiva, em que ocorrem erosões ou pequenas feridas superficiais, como escoriações na superfície do estômago. Já as gastrites crônicas podem ser causadas por doenças auto-imunes, causando uma atrofia da mucosa.Para este tipo de caso não há cura, porém, são pouco comuns. Já a úlcera consiste em uma ferida mais profunda que a erosão, e tem como causas principais a bactéria Helicobacter Pylori, drogas e estresse. O paciente tem dor no estômago, sensação de vazio freqüente, azia, eructação, gases. Alimentação balanceada pode aliviar, mas não resolve.(*) Gastroenterologista do Hospital Israelita Albert Einstein

Agencia Estado,

18 de abril de 2006 | 11h28

Tudo o que sabemos sobre:
artigos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.