Gelo de lua de Saturno alimenta um dos anéis do planeta

Os jatos de água e outras substâncias são liberados por fissuras na região do polo sul

estadao.com.br,

06 de agosto de 2010 | 16h09

Imagem feita em abril pela sonda Cassini, mostra o anel E, em brilho tênue, atrás da lua. Nasa 

 

A sonda Cassini registrou a imagem de Encélado no tênue anel E do planeta Saturno, que é criado pelos gêiseres de gelo emitidos a partir da lua.

 

Os jatos de água e outras substâncias liberados por fissuras na região do polo sul de Encélado levam alguns cientistas a especular que o astro tenha um oceano abaixo de sua superfície congelada, e talvez vida.

 

A imagem acima foi feita em luz visível, em abril, com a Cassini a 993.000 quilômetros de Encélado. A escala é de 6 km por pixel.

Tudo o que sabemos sobre:
saturnoencéladocassini

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.