Genes de doenças psiquiátricas se expressam antes do nascimento

Estudo mostra atividade genética em várias etapas do desenvolvimento cerebral

das agências de notícias,

26 de outubro de 2011 | 15h50

 

A maior parte dos genes associados a doenças psiquiátricas se expressam no cérebro em desenvolvimento antes do nascimento, diz um estudo da Universidade Yale publicado na Nature.

Os cientistas também descobriram centenas de diferenças genéticas entre meninos e meninas quando o cérebro se desenvolve ainda no útero.

"Nós conhecíamos muitos dos genes envolvidos no desenvolvimento do cérebro, mas agora sabemos onde e quando eles estão em funcionamento", diz Nenad Sestan, professor associado de neurobiologia e um dos autores do estudo. "A complexidade do sistema mostra por que o cérebro humano pode ser tão suscetível a distúrbios psiquiátricos."

Para chegar ao resultado, o estudo avaliou 1340 amostras de tecido de 57 indivíduos com idades entre 40 e 82 dias após a fertilização. A análise gerou um mapa sem precedentes da atividade genética no cérebro em diferentes estágios de desenvolvimento do embrião.

A equipe analisou genes e variações previamente relacionadas com autismo e esquizofrenia, doenças que têm sintomas que aparecem nos primeiros anos de vida e durante o início da vida adulta, respectivamente. A nova análise mostra evidências moleculares da expressão desses genes antes do nascimento.

"Descobrimos padrões diferentes da expressão genética e variações antes do nascimento em áreas do cérebro que envolvem funções cognitivas mais elevadas", diz Sestan. "Está claro que esses genes associados a doenças são regulados no desenvolvimento."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.