Glaxo cria vacina eficaz de dose única contra gripe H1N1

Fórmula imunizou 98% dos voluntários; escassos estoques mundiais podem ser melhores aproveitados

Reuters,

14 Setembro 2009 | 11h16

O laboratório britânico GlaxoSmithKline informou nesta segunda-feira, 14, que uma dose simples de sua vacina contra a gripe H1N1 protegeu as pessoas do vírus, aumentando as evidências de que os escassos estoques mundiais poderiam ser melhores aproveitados se a necessidade de duas injeções for evitada.

 

Veja também:

especial ESPECIAL: Entenda a gripe suína

especial ESPECIAL: Perguntas e respostas sobre a gripe

 

Foi o último laboratório que divulgou o sucesso da imunização em uma única dose. Os resultados do primeiro teste clínico com sua vacina mostraram quase 100% de proteção três semanas após a aplicação.

 

Uma dose simples da cada vacina com um adjuvante da Glaxo protegeu 98% dos voluntários saudáveis estudados, ainda que contivesse uma quantia menor que a habitual do antígeno. O adjuvante é composto por estimulantes do sistema imunológico que se agregam às vacinas para melhorar sua eficácia.

 

De fato, a vacina da Glaxo com adjuvante e 5,25 microgramas de antígeno teve um desempenho após três semanas superior que uma sem adjuvante, com 21 microgramas, mostrou um teste clínico realizado em 130 pacientes na Alemanha.

 

"Este teste fornece dados alentadores sobre o potencial uso de uma dose única de nossa vacina", disse o chefe de vacinas da Glaxo, Jean Stephenne. O laboratório espera que a fórmula final de sua vacina tenha apenas 3,75 microgramas do antígeno.

Mais conteúdo sobre:
gripe suínaH1N1vacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.