Governador de SP quer dar autonomia maior ao Hospital das Clínicas

O governador de São Paulo, Cláudio Lembo, encaminhou ontem à Assembléia Legislativa um projeto de lei para transformar em autarquia de regime especial o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Hoje, o HC é uma autarquia estadual. Com a mudança, a direção do hospital ganharia uma maior autonomia administrativa. O projeto prevê ainda a criação de 675 funções atividades, que vão de cargos administrativos como, auxiliar de serviço, até às funções de atividade fim, médicos, biólogos, entre outros. Como autarquia especial, a direção do hospital poderá conduzir os assuntos referentes a pessoal, organização dos serviços e controle interno. Poderá, também, elaborar e executar o orçamento, gerir a receita e os recursos adicionais, administrar os bens móveis e imóveis e celebrar convênios e contratos. A idéia dessa mudança surgiu com a necessidade de reorganizar a estrutura administrativa do HC e para tentar diminuir problemas e dificuldades geradas pela ampliação da complexidade social e a transformação das funções reservadas ao Estado. Essa mudança, acredita o governo do Estado, permitirá um melhor reconhecimento técnico dos seus profissionais por meio de uma política de recursos humanos compatível com planos diferenciados de cargos, carreiras e salários. Vai gerar, também, investimentos coerentes com o tempo gerencial e os avanços tecnológicos vigentes.

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2006 | 09h40

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.