Governo cria grupo de assistência humanitária internacional

Sua função será ajudar brasileiros nos países da África, Ásia, América Central e do Sul e do Caribe

Agência Brasil

14 de agosto de 2008 | 19h01

O Ministério da Saúde instituiu um grupo técnico para coordenar e acompanhar as ações de assistência humanitária internacional a brasileiros nos países da África, Ásia, América Central e do Sul e do Caribe. A finalidade, de acordo com a Portaria n.º 1.650 publicada na edição de desta quinta-feira, 14, do Diário Oficial da União, é auxiliar também na repatriação de brasileiros que necessitem de atendimento médico, devido aos desastres naturais e conflitos armados ocorridos nessas regiões.  Compete ao grupo "identificar o objeto da doação de acordo com a demanda do país, o estoque nacional e as características da catástrofe ocorrida, solicitar e reservar estoque específico de medicamentos e insumos, coordenar doações de livros e material informativo sobre saúde, propor assistência em vigilância ambiental, em caso de desastres, propor assistência na área de nutrição". A comissão é composta por representantes da assessoria de Assuntos Internacionais de Saúde do ministério - que coordenará as ações -, do Departamento de Assistência Farmacêutica, da Coordenação-Geral de Vigilância Ambiental e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Tudo o que sabemos sobre:
saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.