Dida Sampaio / Estadão
Dida Sampaio / Estadão

Governo destina R$ 11,3 milhões para medidas de emergência contra o coronavírus

Recursos são destinados a ações como a Operação Regresso, que resgatou 31 brasileiros que estavam na China expostos ao risco de contágio

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2020 | 10h15

Brasília - O governo publicou nesta segunda-feira, 10, medida provisória que destina R$ 11,287 milhões ao Ministério da Defesa para aplicação em ações que tenham relação com o combate à epidemia mundial de coronavírus. Os recursos são destinados a medidas como a Operação Regresso, que resgatou 31 brasileiros que estavam na China expostos ao risco de contágio. O grupo chegou ao Brasil na madrugada deste domingo.

Segundo a MP, o dinheiro deve ser destinado a ações de "enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus". O crédito extraordinário serve para abrir caminho a despesas imprevistas. Esse tipo de crédito fica fora da limitação do teto de gastos.

Na operação que resgatou brasileiros em Wuhan, cidade que é o polo central do contágio da doença, foram usadas duas aeronaves da frota presidencial da Força Aérea Brasileira. As pessoas resgatadas e a equipe da operação foram levadas a Anápolis (GO), onde vão ficar em quarentena por 18 dias.

O País só decidiu realizar a busca no domingo passado, 2, após apelo de brasileiros que estavam na cidade.

A infecção por coronavírus já causou mais de 900 mortes e preocupa a OMS. Pelo menos 40.000 pessoas na China continental foram infectadas pelo vírus, que se acredita ter surgido no final de 2019 em um mercado na capital da província de Hubei, Wuhan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.