Governo destina R$ 280 mi para evitar epidemia de dengue

A forma de rateio deverá ser discutida na próxima semana entre secretários estaduais e municipais de Saúde

Lígia Formenti, de O Estado de S. Paulo,

03 de outubro de 2008 | 19h25

Depois de detectar sinais de uma epidemia de dengue em formação no próximo verão, que poderá atingir especialmente e de forma intensa jovens e crianças, o Ministério da Saúde decidiu repassar R$ 280 milhões adicionais para municípios considerados vulneráveis. A forma de rateio deverá ser discutida na próxima semana, numa reunião entre os conselhos nacionais de secretários municipais e de secretários estaduais de saúde (Conasems e Conass).   "Municípios de maior risco deverão receber mais", afirmou o presidente do Conass, Osmar Terra. A idéia inicial é que contrapartidas sejam exigidas dos municípios, explicou presidente do Conasems, Helvécio Miranda.   O encontro era esperado para o fim de outubro, mas foi antecipado justamente para que o calendário de ações possa ser cumprido com segurança. O repasse integra um pacote de medidas para prevenir a epidemia e evitar problemas como o registrado no verão 2007/2008 no Rio. As medidas deverão ser divulgadas no dia 13.   Leia a íntegra da reportagem na edição deste sábado de O Estado de S. Paulo

Tudo o que sabemos sobre:
dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.