PEDRO PARDO / AFP
PEDRO PARDO / AFP

Governo orienta brasileiros a voltarem do México imediatamente

Por conta da pandemia de covid-19, haverá restrições no espaço aérea do Panamá e cancelamento de voos pela Copa Airlines

Vinícius Valfré, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2020 | 23h11

BRASÍLIA - O Ministério das Relações Exteriores emitiu um comunicado neste sábado, 21, orientando que os turistas brasileiros no México antecipem os voos de volta ao Brasil o quanto antes. Por conta da pandemia de covid-19, haverá restrições no espaço aérea do Panamá e cancelamento de voos pela Copa Airlines, uma das principais companhias que operam o trecho. 

Conforme o comunicado do Itamaraty, o espaço aéreo do Panamá será fechado às 23h59 deste domingo por decisão do governo daquele país. A medida fará com que alguns dos voos previstos não possam ser realizados. 

O Itamaraty orienta que os brasileiros no México entrem em contato com as companhias aéreas imediatamente. Caso tenham dificuldades, devem acionar os plantões das representações do ministério. Os telefones disponibilizados são +52 1 55 3455 3991 e +55 61 98260-0610.

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Há um formulário que os turistas podem preencher com as informações pessoais para solicitar assistência. O link está aqui

Um diplomata da embaixada brasileira no México foi enviado a Cancún para auxiliar brasileiros nas tratativas com as empresas de transporte aéreo. Os turistas que estão nessa localidade têm conseguido antecipar os voos. 

Além disso, como destacou o Itamaraty no comunicado, as autoridades brasileiras estão em contato permanente com Copa, Latam, Aeroméxico, Gol e Avianca "para que as empresas ofereçam alternativas de retorno aos brasileiros que tiveram seus voos cancelados".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.