Governo quer vacinar 2,8 milhões de crianças contra hepatite A

Para maiores de um ano e menores de dois anos, será recomendada uma dose; vacina será ofertada em 11 Estados e no DF neste mês

Lígia Formenti, O Estado de S. Paulo

29 Julho 2014 | 12h57

BRASÍLIA - O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira, 29, que tem como meta vacinar 2,8 milhões de crianças contra a hepatite A. A vacina será incorporada ao calendário nacional e será recomendada em uma dose para crianças maiores de um ano e menores de dois anos.

O investimento para a compra de 5,6 milhões de doses foi de R$ 111 milhões. "O que é suficiente para mais de um ano", afirmou o ministro da Saúde, Arthur Chioro. Já foram distribuídas 1,2 milhão de doses a Estados e municípios.

A vacina começa a ser ofertada neste mês em 12 Estados: Acre, Rondônia, Alagoas, Ceará, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Distrito Federal, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Em agosto, mais 12 Estados receberão as doses: Amazonas, Amapá, Tocantins, Bahia, Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Janeiro, Santa Catarina e Pará. A partir de setembro, a vacina estará disponível em todo o Brasil, com a chegada a Roraima, São Paulo e Paraná.

Mais conteúdo sobre:
vacina hepatite A Ministério da Saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.