Rogério Marques/O Vale
Rogério Marques/O Vale

Grávida de quadrigêmeos pode ser uma farsa

Reportagem de TV contesta gravidez, mulher se esconde e não atende a imprensa

Gerson Monteiro, especial para o Estado, TAUBATÉ,

16 de janeiro de 2012 | 15h25

A mulher de vestido longo que passou as últimas semanas dando entrevistas e posando para fotos exibindo a barriga que, segundo ela, abriga quatro bebês, pode não estar grávida. Uma reportagem do programa Domingo Espetacular, da TV Record, contestou a gravidez de Maria Verônica Aparecida Vieira, 25 anos, de Taubaté, no interior de São Paulo.

Segundo o obstetra, Wilson Vieira de Souza, o resultado de um exame ultrassom feito por Maria Verônica em 30 de agosto aponta que ela não estaria grávida. "Eu nunca fiz atendimento de pré-natal de gravidez na paciente Maria Verônica", disse o médico ao repórter. "Nesse ultrassom não constava gravidez", afirmou. Ainda segundo o obstetra, se a paciente engravidasse após sua consulta, hoje ela estaria com uma gestação de quatro meses e não 35 semanas, como ela afirmou em entrevistas nas últimas semanas.

Procurada nesta manhã pela reportagem do Estado, Maria Verônica não atendeu a ligação. Um homem que se identificou como sendo seu marido, informou que ela não falaria com ninguém, que a partir de agora o contato será feito apenas pelo advogado da família. De acordo com ele, a mulher estaria negociando uma contraprova em outro programa de televisão. Questionado se o parto estaria confirmado para depois do dia 20 de janeiro, ele afirmou que o parto ainda não tem data e recusou-se a informar o local da cesárea. "Vocês ficarão sabendo", limitou-se a dizer, desligando o telefone.

O marido de Verônica afirma ter feito vasectomia logo após o nascimento do primeiro filho do casal. "Não quis falar porque eu confio nela", defende-se o marido que só agora comentou sobre a mulher não ter feito qualquer tratamento para engravidar, em entrevista à TV Record.

Segundo o advogado Marco Antônio Leite, a mulher está grávida e o parto está confirmado para depois do dia 20. "É o que está agendado pelo ginecologista dela, só se tiver alguma complicação", disse. Ele não soube informar o nome do médico que está cuidando de sua cliente. "Posso dizer que não é o que passou na entrevista ontem", rebateu.

Sobre o exame apresentado na reportagem da TV Record, indicando a possibilidade de que Verônica não estaria grávida, o advogado confirmou ter lido o documento pela reportagem, entretanto disse desconhecer a origem do documento. "Consta o nome dela, mas não sabemos de onde veio, não sabemos a fonte", afirmou.

A reportagem do Estado sugeriu ao advogado que Maria Verônica mostrasse a barriga comprovando que ela é real, mas ele disse tratar-se de uma privacidade da cliente e que isso será conversado entre eles ainda hoje.

"Isso aí tudo começou quando quiseram forçar para ela mostrar a barriga", criticou o advogado sobre o assédio da imprensa no caso.

 

Tudo o que sabemos sobre:
quadrigêmeosTaubatégrávidafarsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.