Gravidez não protege contra retorno da depressão

A gravidez não protege contra o risco de retorno da depressão. E mulheres com histórico da doença que se sentem bem graças ao uso de antidepressivos devem estar atentas a uma recaída no caso de interrupção da medicação durante a gestação. São as conclusões de estudo publicado no Journal of the American Medical Association.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.